Espaço de Formação

Reforçar a capacidade institucional de implementação de Diálogos Temáticos

A Facilidade de Diálogo visa incentivar um processo de partilha de competências e de experiências entre os vários sectores entidades envolvidas no CCAUE.

A assistência técnica à Facilidade de Diálogo pretende contribuir para o reforço de conhecimentos e perícias dos funcionários da Administração Pública de Angola na implementação dos diálogos temáticos nas áreas prioritárias acordadas entre a União Europeia e Angola.

Assim, ao longo da vigência do projecto, serão implementadas diversas acções de formação, com especial enfoque na melhoria do conhecimento das políticas comuns, requisitos e procedimentos para formulação e submissão de propostas de acção, acompanhamento da subsequente implementação. Para além das acções de formação, está ainda prevista a organização de eventos para acolher lições apreendidas e capitalizar resultados.

CAPACITAÇÃO PARA A IMPLEMENTAÇÃO DE ACÇÕES OU SOBRE ÁREAS TEMÁTICAS

0/200

Pessoas formadas

0/50

Pessoas Formadas do Género Feminino

0/10

Acções de Formação

0%

Meta 60%

Formandos que reportam uma melhoria nos seus conhecimentos

Actividades de formação desenvolvidas pela Facilidade de Diálogo

O plano prevê mobilizar diferentes técnicas e metodologias, da formação “one to many” (um formador partilha o conhecimento com vários participantes) até o “one to one” (mentoring) ou ainda via a disponibilização de recursos nas redes sociais, principalmente no website.

Os eixos de reforço das capacidades identificados pela Facilidade de Diálogo correspondem a vários momentos-chave:

No âmbito das acções financiadas:

  • Capacitação na elaboração de propostas de qualidade no âmbito dos Convites para a Apresentação de Propostas (CAP);
  • Apoio à implementação das acções financiadas, incluindo elaboração de relatório final;
  • Actividades de formação dedicadas no âmbito das acções selecionadas (seminários, workshops, visitas de estudos…)
  • Disponibilização de manuais e modelos às instituições interessadas em participar nos diálogos, em particular via website;

No processo permanente de acompanhamento da implementação dos Diálogos e de disseminação dos resultados:

  • Apoio personalizado às instituições parceiras para melhorar a sua participação nos Diálogos (on-the-job e mentoring);
  • Acesso a conteúdos públicos de boas práticas e seus respectivos materiais no âmbito dos Diálogos temáticos via website e elaboração de um Manual;
  • Organização de eventos anuais de capitalização dos resultados das acções de formação.

O plano de formação será actualizado periodicamente, numa base indicativa anual, de acordo com as necessidades identificadas pelos parceiros da Facilidade de Diálogo e numa lógica de flexibilidade e de adaptação à realidade de trabalho.
Os beneficiários das acções de formação serão prioritariamente as instituições que respondem aos critérios de elegibilidade no âmbito dos CAP. Todavia, outras entidades, em particular as organizações da sociedade civil, assim como o público em geral, poderão também beneficiar dos conteúdos das formações, através do acesso às redes sociais da Facilidade de Diálogo.

Menu