Intercâmbio para análise do potencial de um Programa de Sistemas Solares Caseiros em Angola

Área Temática CCAUE :

Energia

Diálogo Temático : 

Infraestruturas e Energias Renováveis

Instituições Angolanas

MINEA

Instituições Europeias

ALER

OBJECTIVOS

Contribuir para o desenvolvimento de um programa de apoio e financiamento que estimule a implementação de sistemas solares caseiros em Angola nas áreas rurais e peri-urbanas

ACTIVIDADES

Elaboração do Relatório de Enquadramento sobre a situação actual dos Sistemas Solares Domésticos em Angola e  a exoperiência do programa FASER em Moçambique, essenciais para avaliar o seu potencial de replicação em Angola, considerando as similaridades e diferenças entre os dois países

– Missão Técnica a Maputo:
– Capacitação de técnicos e dirigentes do MINEA sobre Sistemas Solares Domésticos
– Visita de estudo e auscultação aos parceiros em Moçambique sobre desafios e oportunidades na implementação de um programa semelhante em Angola

– Elaboração de Relatório Técnico e Recomendações, que apresenta a experiência em Moçambique, avalia as condições para a replicação de um Programa de sistemas solares domésticos em Angola e inclui recomendações

– Seminário de Boas Práticas (Luanda) com a participação de empresas e instituições, sobre o potencial de implementação de um Programa de Sistemas Solares Domésticos em Angola, detalhes sobre este sector em Moçambique e a importância das intervenções governamentais, regulatórias, de financiamento e do sector privado

RESULTADOS | PRODUTOS

– Diagnóstico sobre os desafios e barreiras à electrificação fora da rede no contexto angolano realizado
– Análise do impacto do Programa FASER em Moçambique e do potencial de replicação de um programa similar em Angola realizado
– 1 Estudo sobre Sistemas Solares Domésticos
– 1 Lista de Recomendações

 RECOMENDAÇÕES

– Assumir metas governamentais ambiciosas para o acesso universal à energia eléctrica
– Definir as políticas públicas para os Sistemas Solares Domésticos
– Promover a articulação entre o MINEA e o Ministério das Finanças e consultas aos parceiros de cooperação, instituições financeiras e representantes do sector privado
– Terminar a regulamentação das energias renováveis, abrangendo Sistemas Solares Domésticos com base na estratégia governamental definida
– Concretizar a criação da Agência Nacional de Electrificação Rural
– Elaborar um diagnóstico e mapeamento das áreas do país a electrificar com Sistemas Solares Domésticos, de forma a orientar os potenciais operadores privados e parceiros financeiros;
– Promover a articulação interministerial, incluindo através de comissões técnicas ou grupos de trabalho, em consulta com o sector privado e os seus representantes
– Definir acções de sensibilização do Programa de Sistemas Solares Domésticos junto de diversos públicos-alvo

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Período de Implementação

07/2023 - 02/2024

Outros Parceiros

Associação Angolana de Energia Renováveis (ASAER), Deutsche Gesellschaft fuer Internationale Zusammenarbeit (GIZ-Mozambique), Instituto Regulador dos Serviços de Electricidade e Água (IRSEA)

Abordagem

Bottom-up

Documentos

Sem Documentos.

Número de CAP

N3