PRÉMIO ACADÉMICO DIÁLOGOS UE-ANGOLA ANUNCIA VENCEDORES

CAP 3

O Júri de Selecção do Prémio Académico Diálogos UE-Angola, reunido a 19 de Junho de 2024, deliberou galardoar os trabalhos dos 4 autores e dos seus respectivos orientadores, listados abaixo por ordem alfabética:  

  • Cácio Almeida Muteba, orientado pelo Prof. Adolfo Caiji Cabeia – Universidade Lueji A´Nkonde, Lunda Norte.
    Auditoria Externa no Sector Empresarial Público sobre o Cumprimento Estatutário no Sector das Águas em Angola
  • Desidério Délcio Ferreira da Costa, orientado pela Prof.ª Sofia Maria do Vale – Universidade Katyavala Bwila, Benguela
    O Direito do Transporte: Análise Comparativa do Quadro Constitucional Português e Angolano 
  • José Alberto Lufungula, orientado pelo Prof. Paulino Lukamba – Universidade Katyavala Bwila, Benguela
    Do Contrato do Seguro Marítimo e da Limitação da Responsabilidade no Transporte Marítimo de Mercadoria na Legislação Angolana e Práticas da União Europeia
  • Norman Beatriz Fundanga Lino, orientado pelo Prof. José Alberto Lupungula – Universidade Katyavala Bwila, Benguela
    A Mediação Familiar como Meio de Prevenção da Judicialização dos Conflitos

Os vencedores destes trabalhos foram premiados com uma viagem e estadia em Bruxelas, onde terão a oportunidade de visitar e conhecer as instituições da União Europeia. Esta experiência proporcionará uma imersão directa no ambiente político e administrativo da UE, enriquecendo ainda mais o seu conhecimento e perspectiva académica. 

Para além disso, os autores e orientadores premiados foram convidados a participar no evento de lançamento da segunda fase do programa Facilidade de Diálogo UE-Angola, que terá lugar a 9 de Julho de 2024, em Luanda. Durante o evento, realizar-se-á a cerimónia de entrega dos respectivos diplomas que certificam o prémio e a sua contribuição académica.  

Júri de Selecção do Prémio

Agradecemos o apoio inestimável do Júri de Selecção do Prémio Académico, em particular o empenho dos membros indicados pelo CRUANG e pela AIESPA, que procederam à avaliação do mérito académico das candidaturas.

Ana Paula Oliveira – Gestora do Programa, Delegação da União Europeia em Angola
Vilma Mangueira – Chefe Dep. Cooperação Multilateral, Ministério do Planeamento
António Lemos – Ministro Conselheiro, Direcção Europa, Ministério das Relações Exteriores
José Luís Mateus – Director Nacional do Ensino Superior, Ministério do Ensino Superior, Ciência, Tecnologia e Inovação
Prof.ª Doutora Ermelinda Cardoso – Universidade Katyavala Bwila (CRUANG)
Prof. Doutor Jorge Veloso – Universidade Lueji A´Nkonde (CRUANG)
Prof. Doutor Albertino Candimba Sebastião – Universidade Técnica de Angola (AIESPA)
Prof. Doutor António Martins – Instituto Superior Politécnico Kalandula (AIESPA)

O Prémio

O Prémio Académico Diálogos UE-Angola é uma acção dinamizada pela Facilidade de Diálogo UE-Angola em parceria com o Ministério do Ensino Superior, Ciência, Tecnologia e Inovação (MESCTI), o Conselho de Reitores das Universidades Angolanas (CRUANG) e a Associação das Instituições de Ensino Superior Privadas Angolanas (AIESPA). A iniciativa visa estimular a investigação sobre políticas públicas europeias e a cooperação entre Angola e a União Europeia na academia angolana; potenciar as parcerias entre instituições do ensino superior de Angola e da União Europeia; criar oportunidades para fortalecer as ligações institucionais e individuais; e promover e reconhecer a excelência académica de estudantes finalistas de licenciatura e de pós-graduação inscritos em instituições de ensino superior em Angola.

A iniciativa, financiada integralmente pela Facilidade de Diálogo é administrada por três órgãos: o Comité de Pilotagem da Facilidade de Diálogo, o Secretariado do Prémio e o Júri de Selecção, que integra as três instituições que governam o programa (Delegação da União Europeia, Ministério do Planeamento e Ministério das Relações Exteriores) e representantes do MESCTI, do CRUANG e da AIESPA. 

Prémio Académico Diálogos UE-Angola é um marco significativo no incentivo à pesquisa académica de qualidade, à exploração e à análise das políticas públicas europeias e da cooperação internacional. Esta iniciativa fortalece as relações entre Angola e a União Europeia, reforçando a importância do diálogo e da colaboração para o desenvolvimento sustentável e a inovação no ensino superior em Angola.  

Mais informação:
Deliberação Prémio Académico

Tags: 016EDU-TD Prémio Académico

Leia tambem

NOVA FASE DOS DIÁLOGOS UE-ANGOLA
UM MILHÃO DE EUROS PARA MAIS 4 ANOS DE ACÇÕES DE DIÁLOGO

Mais lidas

CAP 3

Capacitação dos técnicos da ARC continua em Luanda

Após a missão de capacitação técnica dos técnicos da Agência Reguladora da Concorrência de Angola (ARC) em Portugal, a formação dos profissionais angolanos para reforçar práticas concorrenciais continua, desta vez…