Formação dos investigadores do INIPM nos Açores para promover a pesca sustentável

CAP 1

O sector das pescas em Angola representa um importante potencial para o desenvolvimento do país. Nesse sentido, é crucial estabelecer pontos de referência biológica para melhorar a gestão sustentável dos recursos pesqueiros, especialmente os Pelágicos, que correspondem a 60% da produtividade da zona costeira angolana. É nesse contexto que se insere esta iniciativa implementada pela Facilidade de Diálogo e que conta com a participação do Instituto Nacional de Investigação Pesqueira e Marinha (INIPM) de Angola e do Instituto do Mar (IMAR) da Universidade dos Açores, de Portugal.

Esta Acção visa capacitar tecnicamente investigadores angolanos no uso de linguagem frequentemente utilizada na investigação pesqueira, uso identificado como uma lacuna nos quadros de Angola. Os investigadores do INIPM, Maria Sebastião, Miguel António e Aristóteles Amaro, permaneceram nos Açores durante duas semanas adquirindo conhecimentos sobre a pesca sustentável. Agora, já de regresso em Angola, estes conhecimentos serão partilhados com outros investigadores.

Esta Acção tem como objectivo fortalecer o sector das pescas em Angola, promovendo o seu desenvolvimento sustentável e a preservação dos recursos marinhos, bem como estabelecer parcerias internacionais para impulsionar a investigação e a gestão eficiente dos recursos pesqueiros no país.

Mais informação:

Agenda da Capacitação 

 

Tags:

Leia tambem

Dia de África 2023
Missão técnica da Marinha Portuguesa em Angola prepara nova Acção

Mais lidas